fbpx

7 erros comuns ao escovar os dentes

A escovação dos dentes é parte da nossa higiene diária, esse processo já é algo tão automático, que muitas vezes não prestamos atenção higienização que estamos fazendo e acabamos nos descuidando e até prejudicando a saúde da nossa boca.

É preciso estar atento a todos os movimentos, ao uso adequado do creme dental e detalhes que levam a erros muito comuns que acabam facilitando o aparecimento de doenças bucais.

Vamos listar 7 erros comuns na hora de escovar os dentes para que você fique atento na hora da sua higiene bucal.

  1. Escovas duras

As cerdas quando duras acabam não limpando o suficiente os dentes, pelo contrário podem acabar machucando sua gengiva a ponto de causar uma retração gengival, juntamente, é claro, com o desgaste do esmalte dental.

  1. Usar força na escovação

Usar força pode causar sangramento e problemas na gengiva, o adequado é metade das ceras na superfície dental e a outras metade recobrindo a gengiva. Os movimentos devem ser circulares e sem pressionar a cabeça da escova.

E não somente os dentes merecem atenção mas a língua e as bordas da gengiva rente aos dentes, usando muita delicadeza nessas regiões.  

  1. Trocar a escova a cada 3 meses

Escovas desgastadas não conseguem realizar uma limpeza adequada nos dentes, e inconscientemente utilizar de mais força para atingir uma melhor limpeza, o que acarreta em problemas bucais como já falamos anteriormente.

  1. Boca muito aberta

Ao abrir demais a boca a escova não consegue alcançar os dentes superiores do fundo,  que acabam ficando sujos com resto de alimentos. O que leva a cárie, mau hálito e problemas bucais.

  1. Excesso de creme dental

A pasta de dente aplicada deve ser do tamanho de um grão de ervilha, no meio das cerdas. Essa prática pode dar a falsa impressão de maior limpeza, mas acaba atrapalhando, pois o excesso de espuma faz com que a escova deslize muito rapidamente e não desmanche a placa dental.

  1. Uso do fio dental

O fio dental deve fazer parte da sua higienização completa, pelo menos uma vez por dia em todos os dentes. Movimentos de vaivém entre os dentes, com calma e sem pressa para não machucar a gengiva e evitar o sangramento desnecessário. E para os dentes do fundo, se você não alcançar, deve utilizar um passador de fio para auxiliar.

  1. Usar antisséptico bucal

Enxaguantes bucais não devem substituir a escovação. O antisséptico serve para finalizar a higienização e proporcionar um hálito mais agradável, mas é a parte menos relevante no processo de limpeza dos dentes. Então jamais substituir a sua escovação pelo bochecho.

No nosso próximo artigo estaremos falando sobre mordida cruzada! Vem conferir!