fbpx

5 maneiras de evitar aftas

É impressionante como algo tão pequeno pode incomodar tanto, as aftas são aquelas lesões internas na boca que geram ardência e dor. É uma condição muito comum que ocorre em até 80% da população, seu ciclo varia de 5 a 10 dias e não é contagiosa de uma pessoa para outra.

Existem pessoas que quase nunca sofrem deste tipo de úlceras, no entanto para quem usa aparelho ortodôntico ou sofre de transtornos estomacais, certos vírus ou deficiências nutricionais, elas são um problema bastante frequente.

Cientificamente conhecida como estomatite aftosa recorrente (EAR) é uma condição crônica inflamatória. Muitas são as causas para o aparecimento dessas lesões.

Trauma local, deficiências de ferro e vitaminas como B9 (ácido fólico), B6 e B12, histórico familiar e até mesmo estresse físico ou emocional podem estar relacionados ao quadro de EAR. Distúrbios gastrintestinais, como Doença Celíaca e Doença de Crohn e Síndrome de Behçet também estão nessa lista. A doença está principalmente ligada a uma desregulação do nosso sistema imunológico.

Entretanto, alimentos cítricos como abacaxi, kiwi, limão ou até mesmo tomate, podem desencadear o quadro de estomatite aftosa. Uma dieta balanceada pode sim minimizar deficiências de ferro e vitaminas e permitir que nosso sistema imune seja capaz de cicatrizar as úlceras mais rapidamente, mesmo em caso de EAR, por exemplo.

Outras sugestões que podem ajudar a evitar as aftas é o uso de um multivitamínico para que sua imunidade não baixe com facilidade. Ficar longe do estresse também é um ótimo aliado para evitar as aftas, os alimentos altamente ácidos como laranja, abacaxi e limão ajudam elas apareceram com mais frequência. Coloque em sua alimentação peixes, ovos, batata e frango.

Manter a boa higiene bucal sempre em dia usando escovas macias (para evitar traumas) e trocando-as a cada 3 meses. Seguindo esses passos, a inflamação fica difícil de se instalar.  

Você curtiu esse post de prevenção? Deixe seu comentário aqui e nos conte sua opinião!

Join the discussion 219 comentários

Deixe um comentário